Jéssica Silva

Eu tenho a plena convicção de que a Jéssica Silva é uma embaixadora fabulosa do “nosso” futebol. Que bom é vê-la a espalhar as palavras amor e dedicação em tudo o que faz. As nossas jovens precisam cada vez mais destes exemplos. O que é que vocês acham?

Futsal Planet Awards 2016

E no final do primeiro semestre de 2017 sai a votação oficial da única ”entidade” que realiza uma votação, junto de ”especialistas” da modalidade para a entrega dos Prémios aos melhores dos melhores, a elite do Futsal.

As nossas portuguesas estão, como é natural, entre o Top 3 e o Top 6. Não consigo descobrir em Portugal, outra modalidade colectiva onde tenhamos três atletas no Top 6 do Mundo, e não consigo encontrar um País Europeu onde esse feito seja tão ignorado pelas entidades competentes.

Quando o trabalho delas ganha uma voz internacional mas é praticamente ignorado pelo país que mais devia valorizar a sua competência e talento.

Um silêncio que acompanha o Futsal no Feminino em Portugal.

Recorde na divulgação?

bb_jornal_record

 

Os últimos acontecimentos que assombraram o futsal feminino não são de facto os mais felizes. Na última jornada da manutenção/descidas do campeonato nacional – zona sul, Louriçal vs Leões Porto Salvo, a delegada do Leões Porto Salvo agrediu o árbitro da partida e o caso vai ter contornos jurídicos. Todo este aparato mediático fez-me realizar uma pesquisa junto do jornal Record On line, que em um só dia, cometeu a proeza de divulgar três notícias sobre a agressão em apenas 24h00. Um recorde!

É caso para dizer que os jornalistas estão muito preocupados com o juiz agredido em causa. Ou não. No meu entender, a preocupação deveria ser pelo facto de a agressora em causa ainda não ter apresentado um pedido desculpas público pelo triste acontecimento, assim como o clube que ela representava ainda não ter divulgado qualquer comunicado no seu site oficial.

Mas nesta pesquisa fui mais longe. Durante o mês de Março – dia 1 a dia 30 – foram divulgadas 39 notícias de Futsal. Dessas 39 notícias apenas 6 ”falam” sobre futsal no feminino. 6. Número redondo este. Destas seis notícias temos uma notícia a divulgar a Seleção Nacional Sub-19, uma a divulgar a Taça de Portugal com a fotografia do Sporting na capa da respectiva notícia, uma sobre o campeonato nacional com os seus respectivos resultados e três são sobre a agressão ao árbitro.

Dois pensamentos a retirar desta pesquisa. O primeiro naturalmente abrange a triste realidade de que o futsal feminino tem mais divulgação quando os jogos/ arbitragens não promovem a modalidade. O importante é chegar ”ao grande público”!

Se esta for a premissa de divulgação social e mediática para o futsal no feminino do Jornal Record, então realmente, o caminho ainda é muito longo para todos nós que seguimos a modalidade com toda a paixão e compromisso que ela exige.

O segundo pensamento é que estamos infelizmente muito longe de uma igualdade no que respeita à divulgação da modalidade. Em 39 notícias realizadas, seis servem o futsal no feminino. E se pensarmos que entre os três grandes jornais desportivos Portugueses, o Record lidera nas boas práticas da divulgação do Futsal, então ainda mais preocupados poderíamos  ficar.

Mas não. Felizmente outras plataformas vieram para ficar e liderar. Os blogues, Instagram e essencialmente as páginas do facebook dão aos clubes que apostam no feminino uma oportunidade de conquistarem um espaço na divulgação do seu trabalho a nível nacional e internacional. E aos poucos, também eles começam a entender que esse é o caminho e o futuro da divulgação. Na era dos Smartphones, pensar que todas as notícias sobre o futsal feminino podem estar reunidas em 4 polegadas de tecnologia faz-me acreditar que o futuro vai ser sorriso.

Para terminar, gostaria de apresentar um enorme pedido de desculpas – em meu nome, em nome da página magiadofutsal – ao árbitro e ao homem Carlos Dias, assim como à classe de árbitros que ele representa.  Porque ser-se essência do futsal é promover as boas práticas, não só na hora da vitória mas essencialmente na hora derrota.