SL Benfica Campeão Nacional

 

Uma época inesquecível para todas as jogadoras e respectiva equipa técnica. Ao Bruno Fernandes, líder e timoneiro deste enorme feito desportivo os meus sinceros Parabéns!

Às jogadoras, que na hora da adversidade e pressão não sucumbiram e mantiveram o foco, troféu após troféu, mesmo com adversários que fizeram de tudo, que lutaram, trabalharam e suaram pelos mesmos sonhos até ao último segundo de jogo.

Um campeonato nacional que ano após ano – desde 2013/2014 – é decidido na última jornada, merece um Main Sponsor, mais apoios e mais divulgação/ promoção da modalidade que nos apaixona sempre e cada dia mais. São as 16 melhores equipas do País. 16.

As oito melhores equipas do País merecem quem sabe um formato competitivo mais apelativo, mais fácil de acompanhar nas redes sociais e ainda mais incerto no resultado final. Mais espectacular, com ainda mais conteúdos e competências.

O campeonato nacional merece também mais liberdade por parte dos clubes, para que possam divulgar os seus conteúdos e produtos sem que para isso, jornada após jornada, tenham de pedir autorização especial à FPF.

Burocracias não ajudam. Complicam. Cansam. Desmotivam. E todos nós sabemos o que acontece quando as pessoas se desmotivam pelas causas. Abandono, desinteresse e indiferença pela modalidade. Apenas e só.

Não se esqueçam, nunca é tarde demais para se lutar pelo que é certo, pelo que é de nosso de direito, pela igualdade e equidade de género. Afinal, somos todos família Federação Portuguesa de Futebol.

Para terminar, dizer que lá em casa, na minha família, somos três irmãos. Um ”rapaz” e duas ”raparigas”. Os meus pais sempre nos disseram e mostraram através palavras e gestos que ”o que é para um é para o outro.” O irmão nunca teve mais do que as irmãs e eu nunca tive mais que a minha irmã. Mas eu tive a sorte de ser educada de uma forma tradicional, humilde, transparente, correcta e determinada e para mim esse é o verdadeiro conceito de família.

Apuramento de Campeão: antevisão da 2ª jornada

 

Na primeira jornada Novamente Cavalinho, SL Benfica, Sporting e Restauradores Avintenses sairam vitoriosos dos seus confrontos. Fiquem com a antevisão da segunda jornada.

FC Vermoim vs Restauradores Avintenses I Sábado I 17h00

É garantidamente um dos clássicos do feminino, no que diz respeito à zona norte. Se na zona sul temos os eternos rivais SL Benfica/Sporting, lá para os lados de Famalicão e Vila Nova de Gaia, as bancadas tendem a ter mais público quando estes dois clubes se encontram para disputar os três pontos.

Na primeira fase, o confrontos tiveram saldo positivo para o FC Vermoim. 2-3 e 8-1 são números expressivos que colocam algum sentido quando escrevo que uma das equipas luta por um título nacional e a outra luta pelos quatro melhores lugares da segunda fase. No entanto, as duas equipas também lutam com diferentes argumentos. Se de um lado temos a liderança e experiência de Ana Azevedo, Patricia Magalhães, Carla Vanessa do outro lado temos a juventude de Júnior, Angélica, Carolina Rocha, Joana Neves.

Um coisa é certa. Vermoim sabe que depois da derrota primeira jornada, nada melhor que dar início ao caminho vitorioso, que obrigatoriamente tem de ter. É esse o ADN do clube Famalicense. O da vitória.

Louriçal vs Sporting I Sábado I 17h00

Louriçal não teve um sorteio muito fácil. Nas duas primeiras jornadas defrontar os dois grandes candidatos ao título não será o começo que um treinador idealiza, no entanto, na última deslocação à Luz, o Louriçal demonstrou muito carácter e por longos minutos igualou e esteve em vantagem num jogo que terminou com a vitória benfiquista por 3-1.

A mensagem que passa para as pupilas de João Soares é que apesar da derrota, estão no caminho certo e é apenas uma questão de tempo, para que os resultados positivos apareçam. Este Sábado elas recebem o Sporting, que depois de um resultado fantástico nesta 1ª jornada de apuramento de campeão vai entrar em campo consciente das dificuldades que as esperam. 3-2 e 1-3 foram os resultados das duas vezes que estas equipas se encontraram, o que espelha bem o equilíbrio entre ambas. Será seguramente um jogo fantástico.

Golpilheira vs Novasemente Cavalinho I Sábado I 21h00 

Depois da pesada derrota frente ao Sporting, as Golpilhas vão querer conquistar os seus primeiros pontos perante o seu público. Será um teste difícil frente a uma equipa da zona norte que também está na luta pelo título nacional. Os confrontos passados dão uma clara vantagem sobre a turma de Cassufas, mas sabemos que jogar na Batalha não é tarefa fácil. Escusado será dizer que para sair de lá com os três pontos, as pupilas de Luis Almeida tem de levar a lição bem estudada e vestir o fato macaco pois vão ter de trabalhar no duro.

EDC Gondomar vs SL Benfica I Domingo I 17h00 

E domingo o Pavilhão Municipal de Baguim do Monte vai receber o SL Benfica, numa estreia nacional, no que diz respeito ao confronto entre o EDC Gondomar e o Benfica, a contar para a fase de apuramento.

Será interessante seguir este jogo. Perceber até que ponto as pupilas de Vitor Fonseca estão mentalmente preparadas para defrontar em campo, para além das jogadoras do Benfica, tudo aquilo que elas representam, ou seja, a instituição SL Benfica. Na realidade, o jogo de futsal é muito simples. Jogam 5×5 e quem marcar mais golos ganha. Apenas e só. Tudo o resto é fruto da sociedade desportiva e de quem essa sociedade desportiva serve. Simples.

Mas, claramente a turma lisboeta carrega em si a responsabilidade do jogo e da conquista dos três pontos, no entanto, a turma de Gondomar apenas precisa de fazer o que mais gosta. Jogar bom futsal. O resto, são números.

Para terminar, continuo a desafiar os clubes, a fazerem um live streaming no seu portal oficial facebook e de uma vez por todas quebrarem mitos e barreiras.

O que precisam?

  • Autorização da fpf.
  • Telemóvel com o devido carregador.
  • Internet no pavilhão e ou no dispositivo móvel
  • Um voluntário do clube para o fazer.

Nunca antes foi tão fácil.

Apuramento de Campeão: antevisão da 1ª Jornada

 

Está de regresso o momento que as equipas de topo mais aguardam. A disputa da segunda fase de campeonato nacional, onde apenas as oito melhores equipas do país se reunem, para lutarem pelo título tão desejado.

Na família – FPF – com  mais de 175 mil praticantes inscritos no total, e mais de 4350 inscritas no futsal feminino, eis que apenas pouco mais 100 inscritas conquistaram o direito a participar na fase elite da prova.

O tempo dizem, passa a voar. É verdade. Vamos já na quarta edição de campeonato nacional e nunca será demais relembrar que Golpilheira, Novasemente Cavalinho e FC Vermoim já conquistaram o tão desejado troféu em edições anteriores e estão novamente na corrida, juntamente com o SL Benfica, Sporting, Louriçal, Restauradores Avintenses e EDC Gondomar.

Não é novidade nenhuma que a grande aposta dos ‘clubes grandes’ veio trazer outro tipo de tempero à competição, no entanto, também não será surpresa alguma se um clube dito ”pequeno” conquiste o tão grande troféu.  É que em organização desportiva, e qualidade competitiva em nada fica a dever aos grandes embaixadores da modalidade. A prova disso é que em três edições nenhuma foi conquistada por SL Benfica ou Sporting.

Para esta primeira jornada, o sorteio foi caricato. Confrontos entre equipas da zona norte e da zona sul.

Restauradores Avintenses vs EDC Gondomar

A qualidade que André Teixeira impõe nas suas equipas já não é segredo nenhum. Admirador do 3:1 e da estratégia estudada ao pormenor, André Teixeira é uma referência enquanto treinador e formador e habituado a estas andanças de fases de apuramento de campeão. Restauradores Avintenses foi a terceira melhor equipa da zona norte e parte para esta segunda fase claramente com o objectivo de ficar entre as 4 melhores equipas do país. Do outro lado temos o EDC Gondomar, que é uma agradável surpresa. Com os objectivos mais do que cumpridos para a sua época, o clube de Gondomar vai procurar agora estabelecer-se entre as melhores das melhores e só marcando presença na fase elite é que vai conseguir dar esse passo em frente. Quanto ao jogo, esse será de difícil previsão, mas tudo indica que a equipa da casa conquiste os três pontos.

Novasemente Cavalinho vs FC Vermoim

Este é daqueles jogos que deveriam ser transmitidos num Facebook Live! Os vencedores das últimas duas edições de campeonato nacional juntam-se mais uma vez em Cassufas, para um duelo de titãs. Se há equipas que jogam o jogo pelo jogo são estas duas. Equipas lideradas por treinadores fantásticos. Experientes, competitivos e com sede permanente de vitórias, bem auxiliados, e que não tem medo de arriscar. O jogo pelo jogo. E se há jogos que valem a pena serem presenciados são esses.  Em dois confrontos de 1ª fase, o Novasemente levou a melhor nos dois. 2-1 e 2-3. Leva vantagem portanto para este terceiro confronto.

Sporting vs Golpilheira

Sporting está na luta pelo título. Um clube com grandeza do Sporting não tem outra alternativa senão assumir-se como candidato desde início da prova nacional. E assim foi. Pedro Nobre não esconde que apenas o título nacional interessa. Viu o seu plantel reforçado com jogadoras internacionais e jovens talentos oriundos que clubes de referência no que dizem respeito à formação e tem tudo para fazer frente à caminhada que ainda precisa realizar. No confronto com o Golpilheira as leoas levaram sempre de vencida com resultados esclarecedores do poderio leonino,  1-3 e 4-1. O Golpilheira foi a terceira melhor equipa na zona sul e está nesta segunda fase na luta pela melhor classificação possível. Por norma é uma equipa dura de defrontar, com qualidade, muita garra, querer, vontade e que nunca vira a cara ao jogo. As leoas sabem bem o que lhes espera neste confronto.

SL Benfica vs Louriçal

SL Benfica, um dos clubes com mais títulos no país, no que diz respeito ao futsal feminino, vai iniciar esta segunda fase com os olhos postos no único troféu que lhe escapa. Parte para esta fase com números impressionantes, 72 golos marcados e apenas 8 sofridos. Melhor ataque e melhor defesa da prova que em 14 jornadas apenas se descuidou frente ao Sporting, com a perda dos três pontos.

1-6 e 5-0 são os resultados frente ao Louriçal em confrontos de zona sul. Números esclarecedores do poderio benfiquista e que o Louriçal, terá mais uma vez, de contrariar, na Luz. Um encontro marcado para as 15h de Domingo, seria uma mais valia para a modalidade se fosse transmitido da Benfica TV.

Tenho a plena convicção de que todos os jogos realizados na casa dos grandes deveriam ser sempre transmitidos, em directo, na sua respetiva televisão. Porquê? Porque é esse o dever dos clubes que são referências para outros clubes. É esse o dever que os grandes carregam em si. Dar o que outros não podem dar ou que ainda não estão preparados para dar. Ser o exemplo a seguir. Nem sempre assim é. Infelizmente. Perdem os grandes. Perde o futsal feminino.